5 dicas para quem quer investir no mercado de criptomoedas

dicas para investir no mercado de criptomoedas

Dados da Statis Group de 2018 apontam que o volume de transações de criptomoedas deverá crescer 50% em 2019. Esse número mostra uma realidade cada vez mais presente: as moedas digitais se tornaram ótimas opções aos investidores. Assim, é preciso conhecer as melhores dicas para quem quer investir no mercado de criptomoedas.

Isso porque esse tipo de produto financeiro possui semelhanças, mas também características próprias se compararmos aos outros investimentos. E quem aplica, sabe: é preciso conhecer para investir da melhor maneira possível.

Com esses pressupostos, acompanhe a seguir 5 dicas para quem quer investir no mercado de criptomoedas – aumentando ainda mais seu patrimônio.

1. Conheça as criptomoedas

Antes de tomar qualquer ação, é indispensável conhecer “onde está pisando”. Com as criptomoedas não é diferente: entender como elas funcionam, o que são e mais sobre o mercado pode te ajudar a investir sem medo – e futuras perdas.

Há muito conteúdo disponível para iniciantes e intermediários – como os artigos do nosso blog. Assim, entendendo onde irá aportar seu dinheiro, fica mais fácil seguir outras dicas para ter uma alta rentabilidade nesse mercado que só cresce.

2. Procure ajuda especializada

Antes de começar a investir de forma autônoma, procure empresas e profissionais especializados nessa modalidade. O melhor exemplo são os especialistas em alavancagem de criptomoedas: ensinam, fazem seu dinheiro render e ampliam suas possibilidades.

Com o tempo e conhecimento do mercado, você poderá dominar conceitos, entender a flutuação de moedas como o Bitcoin e montar estratégias específicas. Como é de consenso geral, aprender com quem tem experiência encurta (e muito) os caminhos.

3. Tenha claro o seu perfil

Um dos conceitos mais básicos nos investimentos é o perfil – conservador, moderado ou agressivo – que diz qual é a melhor aplicação de acordo com o objetivo. No mercado de criptomoedas não é diferente e essa é uma dica valiosa.

Isso porque há várias moedas digitais, cada uma com sua característica. Há opções de operar nessa modalidade em curtíssimo prazo, como também buscar uma rentabilidade com mais tempo. O seu perfil irá te direcionar da melhor forma nesse sentido.

4. Acompanhe o mercado

Como qualquer investimento, as criptomoedas sofrem flutuações de mercado – o que explica suas valorizações e desvalorizações. Ou seja: a dica é não vender na primeira grande alta ou quando há um enorme prejuízo.

Há uma série de notícias e fatores que explicam, de acordo com cada moeda digital, os motivos das subidas e quedas. Lembre-se: criptomoedas possuem modelos parecidos com a renda variável e, apesar de algumas singularidades, demandam tempo do investidor que quer ‘dominar’ o mercado.

5. Integre a sua carteira

A última dica é: integre moedas do gênero, como o Bitcoin, à sua carteira de investimentos. Além de manter a segurança que os especialistas no mercado sempre reiteram, você tem a possibilidade de experimentar na prática como funciona essa modalidade.

Em outras palavras: comece, nem que seja com um valor mínimo do seu patrimônio. Nada irá te dar tanta bagagem e mostrar o porquê as criptomoedas são um ótimo investimento nos dias atuais quanto o próprio fato de fazer seu aporte e conhecer a modalidade.

Após conhecer as 5 dicas para quem quer investir no mercado de criptomoedas, abra sua conta BlueBenx e comece a alavancar seus rendimentos agora.

Total
0
Shares
Total
0
Shares
0 Shares:
Talvez você também goste